EuFilhosRotina

O pouco que vale tudo e o drama da “super-mãe”…

572views

Ser mãe…

A semana passada aconteceu-me uma daquelas situações que qualquer mãe teme, mas que mais cedo ou mais tarde acabam por acontecer a quase todas nos.

Era o dia da prova de Karatê do meu filho, para ele mudar de faixa, tive que atravessar a cidade inteira e com chuva o que me levou mais de uma hora. Quando cheguei à escola o Francisco já tinha feito a prova e eu não estava lá para ver. Senti-me a pior mãe do mundo, um falhanço total.

Olhei para ele com os olhos cheios de lágrimas (eu) e ele abriu-me um sorriso tão grande, tão feliz de me ver que de repente nada mais me interessou no mundo!

Aquele sorriso foi a coisa mais valiosa do mundo!

Um sorriso de um filho é um pequeno nada que vale tudo na vida, tudo!

Mafalda Lourenço
Mãe de 2 filhos (Francisco e Soledade), Advogada, Consulesa de Portugal em São Paulo, Dona de casa ... Curso de Direito da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa Pós graduada em Direito do Consumo Curso de Consultoria e Imagem da Escola Panamericana de São Paulo Igual a qualquer mulher!